Domingo, 19 de Maio de 2024 02:41
(73) 9 9809-1341
Anúncio
Política DISPUTA EM TEIXEIRA

Prefeito tenta reeleição e deve enfrentar aliados do governo baiano "rachados"

Com um dos maiores territórios da região, Teixeira de Freitas, no extremo sul baiano, deve protagonizar uma corrida eleitoral acirrada em 2024.

03/05/2024 11h18
Por: Redação
Prefeito tenta reeleição e deve enfrentar aliados do governo baiano "rachados"

Com um dos maiores territórios da região, Teixeira de Freitas, no extremo sul baiano, deve protagonizar uma corrida eleitoral acirrada em 2024. Com mais de 100 mil eleitores, a cidade que homenageia o estatístico baiano Mário Augusto Teixeira de Freitas atrai os olhos de cerca de cinco grupos na região, incluindo nome famosos e novatos da política local. 

 

 

O atual prefeito, Marcelo Belitardo (União), aparece como um dos principais nomes da disputa em busca da reeleição. Ex-vereador do município, Belitardo foi eleito com mais de 45 mil votos válidos, o equivalente a 60,91% do eleitorado. Em 2024, após rumores de uma mudança de partido, o gestor decidiu permanecer na sigla do ex-prefeito da capital, ACM Neto. Segundo informações locais, houve ainda uma tentativa de unificação política em Teixeira de Freitas, a partir da indicação de uma vice-liderança de chapa vinda do grupo de Jerônimo Rodrigues (PT), atual governador, mas sem sucesso. 

 

Sem unificação da base municipal, o nome de Uldurico Júnior (MBD) surge como a principal força da oposição no município. Ex-deputado federal e ex-diretor da Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), o emedebista já recebeu o apoio de Geddel e Lúcio Vieira Lima, além de buscar o apoio do PT na disputa do pleito municipal. Sendo filho do ex-deputado Uldurico Pinto e sobrinho do ex-prefeito Francistônio Alves Pinto, o candidato carrega como trunfo um sobrenome que já é figurinha carimbada na política local. 

No entanto, ainda sem definição clara no grupo do governo estadual, a candidatura própria do PT em Teixeira de Freitas continua ativa. A escolhida foi a advogada Raíssa Félix, que recebeu apoio público do ex-prefeito João Bosco (PT), que, segundo informações, teria renunciado a candidatura própria. Como um novo rosto da política local, Raíssa foi candidata a deputada federal em 2022, sob o nome de “Raíssa de João Bosco”, quando recebeu 7.500 votos, em apenas dez dias de campanha. 

 

Também associado a base de Jerônimo, o PSD, por sua vez, optou com candidatura própria no município. O escolhido do grupo do senador Otto Alencar foi o ex-secretário de Saúde e empresário da região, Eujácio Dantas. Durante a oficialização de sua candidatura, o social-democrata contou com o apoio do senador Ângelo Coronel, do deputado estadual Ângelo Coronel Filho e do deputado federal Otto Alencar Filho. Apesar da disputa entre as chapas do governo, Eujácio busca articulação direta com Jerônimo para viabilizar um suporte. 

 

O quinto pré-candidato as eleições municipais também possui histórico familiar na política. Leo Brito (Avante) é filho do primeiro prefeito de Teixeira de Freitas e ex-deputado estadual, Temóteo Alves de Brito, falecido em abril deste ano. Ex-prefeito de Alcoçaba por dois mandatos, Léo Brito conta com o apoio de nomes como presidente estadual da sigla, Ronaldo Carletto e o deputado federal Neto Carletto. Ao Políticos do Sul da Bahia, o pré-candidato se posicionou com relação a uma possível unificação da base estadual e alegou que “não há chance alguma de desistir da minha candidatura para apoiar outro nome”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.